Blog

cursoyoga


Filosofia do Yoga | 18 set 2017 | Daniel De Nardi

A construção do Yoga no Brasil

A construção do Yoga no Brasil O Doutor em Ciência da Religião Roberto Simões vem desenvolvendo há pelo menos 5 anos, uma rica pesquisa sobre a construção do Yoga no Brasil! Nessa nova série de podcasts ele traz importantes reflexões sobre como o Yoga vem sendo transplantado no nosso país. É inegável que fatores como a língua e a cultura brasileira influenciaram a forma como o Yoga é ensinado no no Brasil. Gostaria de ressaltar dois pontos que para mim são centrais. O fato de indianos não falarem português (a não ser os poucos que vivem em Goa) dificultou a entrada de referências no Yoga no Brasil. Isso abriu espaço para criações e fusões que só aconteceram por aqui. Roberto fala bastante dessa luta eterna entre tradicionalistas X permissivos - até que ponto o Yoga pode ser ensinado adaptado a vida moderna para pessoas que não desejam vivar sadhus e até onde podemos determinar o que é Yoga?  

Dicas de Yoga | 10 mar 2018 | Daniel De Nardi

Como começar a Meditar

Como começar a Meditar - Passo a Passo do YogIN Todo novo aluno do YogIN App recebe uma série de aulas para saber praticar as partes fundamentais do Yoga. Chamamos esse programa de Passo a Passo do YogIN e nele são ensinados os principais respiratórios, técnicas de relaxamento e meditação. Nesta aula, a professora Mayara Beckhauser ensina os primeiros passos para quem está começando a meditar.   https://www.youtube.com/watch?v=FaRAVonbs_o ---------------------- YogIN App é a primeira plataforma online do Brasil com aulas de Yoga interativas. Nossos professores podem corrigi-lo durante a prática. ॐ  

Dicas de Yoga | 25 maio 2018 | Gisele Borghezan Pabst

Terapia do Yoga

Terapia do Yoga Pare o mundo que eu quero descer. Esta expressão da música de Raul Seixas resume bem o sentimento das pessoas com relação às suas vidas de hoje. Com frequência ouço queixas e relatos de pessoas sobrecarregadas de tarefas e preocupações. Acordam cheios de planos para o dia e colocam-os em ação. Sem tempo para nada! Muito para fazer. Tarefas domésticas como Lavar roupa, preparar almoço, um café da manhã rápido e às vezes nem isso, tomar conta dos filhos e levá-los à escola , para enfim trabalhar. Quando sobra tempo, perde-se tempo com o celular. Essa é a vida moderna. Os dias passam, as mesmas ações continuam, num ciclo vicioso. Nesta corrida para realizarmos varias tarefas diárias estamos perdendo a conexão com o momento presente; com nossa essência, com nossa saúde mental e física. As doenças mentais e psicológicas acabam surgindo devido à falta de amor próprio, desleixo com o auto-cuidado e a não valorização de eu. Em alguns momentos pergunto para as pessoas: - O que fazes por você? Quanto de tempo do seu dia tens se dedicado para fazer uma higiene mental? Quanto te tempo do seu dia cuidas de si mesmo e não dos outros ou de outras coisas? O que gostas de fazer no seu dia por você é que não faz? As respostas são frustrantes. Há um nítido desequilíbrio acontecendo. Vejo o cuidado que as pessoas tA?m com sua casa, seus bens materiais, ficam demais no seu trabalho, mas o cuidado com elas mesmas fica de lado. Aí entra a auto-valorização. Disponibilizar um tempo do dia para cuidar do seu EU e mais nada. Para isso é necessário saber priorizar o que é mais importante. Isso exige organização, força de vontade e uma certa dose de egoísmo. Ter um tempo exclusivo para os filhos é fundamental, mas ter um tempo para que eles exerçam atividades sozinhos enquanto você cuida de si trará benefícios para que ele seja mais independente e você ganha também, o benefício irá vir para você. Lembra do início do texto? É possível que você faça demais pelo outro, pelas suas coisas e pelo seu emprego. É hora de repensar e colocar na sua rotina diária um tempo para você , o seu momento. Há varias coisas que podemos fazer por nós mesmos. Fazer escolhas alimentares saudáveis. Praticar atividades físicas. Ir ao cinema. Conhecer um lugar novo. As escolhas precisam ser saudáveis e coerentes. A terapia do Yoga entra como uma alternativa para uma escolha de vida inteligente. Através de vários estudos foi demonstrado que, entre outras coisas, a prática regular do Yoga potencializa o aumento da força, da flexibilidade e do equilíbrio. Reforça o sistema imunológico, ajuda o corpo a remover toxinas de forma mais eficiente e desenvolve o bem-estar físico e psicológico. Fazendo as técnicas do Yoga, aprendendo a respirar de forma correta, praticando meditação, buscando realizar as posturas, fazendo os relaxamentos, tendo esse encontro com seu Eu, certo que a qualidade de vida irá melhorar. Esse cuidado consigo é fundamental, as doenças irão te abandonar, a qualidade do sono irá melhorar. Problemas de ansiedade, depressão e estresse poderão ser amenizados e até curados. Sua atenção e concentração serão nitidamente melhoradas. As emoções equilibradas te trarão conforto, alegria, bem estar, tranquilidade e segurança. Estas emoções serão dominantes no seu dia-a-dia. A atenção trazida para si irá reequilibrar o seu organismo. Ajudará você a se tornar mais equilibrado, mais intuitivo, mais consciente, mais tranquilo. Ter o tempo para praticar o Yoga trará mais qualidade de vida e proporcionará benefícios reais e duradouros quando praticado regularmente. As pesquisas comprovam, praticar yoga gera sensação de bem-estar estar, libera hormônios importantes para a manutenção da saúde como: dopamina e serotonina e reduz a liberação do hormônio cortisol que corresponde ao estresse. Buscar e praticar este conhecimento que vem se difundindo a milhares de anos é uma atitude sabia, coerente e eficaz. Pronto para a terapia do yoga?

YogIN App
Formação de Professores | 3 fev 2019 | Equipe YogIN App

Jornada para ser Professor de Yoga

Jornada para ser Professor de Yoga Você está acompanhando a série  Jornada para ser Professor de Yoga ? Ainda não, ou nem sabe do que se trata? Calma, deixa que te explicamos melhor... Nós do YogIN App criamos com muito carinho uma série de vídeos gratuitos para você que tem interesse em aprofundar seus conhecimentos sobre esta Filosofia milenar, ou, de tornar-se um(a) Professor(a) de Yoga! Nela, você vai ficar por dentro de todos os temas abaixo: Video 1 > 07/01 - Como é ser professor de Yoga? Video 2 > 14/01 - Business do Yoga Video 3 > 21/01 - Como é a certificação de Professor de Yoga? Video 4 > 28/01 - Qual é a transformação que o Curso de Formação do YogIN App vai gerar? Vídeo 5 > 04/02 - Saiba tudo sobre o maior Curso de Formação Online de Professores de Yoga do Brasil Vídeo 6 > 11/02 - Aula \"O Yoga na Índia\" Vídeo 7 > 18/02 - Aula \"O Yoga no Ocidente\" Vídeo 6 > 25/02 - Aula \"A Profissão de Professor de Yoga\"     Ficou interessado(a) não é? Então Inscreva-se agora clicando no botão abaixo: Ah! Lembrando que a próxima turma do nosso Curso Online de Formação de Professores de Yoga inicia dia 11 de Março, então, garanta sua vaga e aproveite para concluir sua Formação na melhor e mais conceituada Escola de Yoga Online do Brasil. Já são mais de 300 professores de Yoga formados pelo YogIN App. Saiba mais sobre este Curso acessando aqui.   Em caso de dúvidas:  receba uma ligação, mensagem via Whatsapp ou e-mail. Basta enviar um e-mail para formacao@yoginapp.com fazendo a solicitação do contato ou deixar seu telefone clicando aqui.    

YogIN App
Respiração e Relaxamento | 23 abr 2019 | Déb

EBOOK – COMO ATINGIR O ESTADO DE RELAXAMENTO?

EBOOK - COMO ATINGIR O ESTADO DE RELAXAMENTO? Orientações simples, rápidas e práticas baseadas no ensinamento ancestral do Yoga para você entrar em um estado de paz interior, serenidade e tranquilidade! Acompanhe o passo-a-passo para conseguir produzir um relaxamento Local para prática, postura para o relaxamento, qual música escutar entre outras dicas Entendendo sobre o SHAVASANA e YOGANIDRA e seus benefícios Qual a relação entre SHAVASANA e YOGANIDRA?     Clique no botão abaixo e aprenda isso e muito mais com o nosso e-book gratuito!     new RDStationForms(\'newsletter-yogin-formulario-1c3fb174b015350a9cd5-html\', \'UA-68279709-2\').createForm();

YogIN App
Vídeos de Yoga | 14 maio 2019 | Equipe YogIN App

Passo a Passo do YogIN – Sinta-se guiado ao iniciar sua prática de Yoga

Passo a Passo do YogIN - Sinta-se guiado para iniciar sua prática de Yoga Iniciar a prática de yoga não é tão simples quanto imaginávamos ao ver as fotos de praticantes de nível avançado não é mesmo? Além de percebermos as limitações físicas, também geramos muitos estímulos mentais talvez nunca antes experimentados. Foi pensando nisso que nós do YogIN App criamos uma categoria de aulas gravadas especialmente para alunos iniciantes, que vai assegurar que você inicie a sua jornada de prática confortavelmente. A série de aulas, conduzidas pelos professores Fernanda Degilio e Daniel De Nardi, já conta com 19ª  passos e você pode praticar clicando AQUI. new RDStationForms(\'newsletter-yogin-formulario-1c3fb174b015350a9cd5-html\', \'UA-68279709-2\').createForm();   Ainda não é aluno? Acesse yoginapp.com/assinaturas e escolha a sua!  

YogIN App
Filosofia do Yoga | 28 maio 2019 | Equipe YogIN App

Curso Satsang – Autoconhecimento no Yoga

Curso Satsang - Autoconhecimento no Yoga SatSang é tradicionalmente uma conversa de investigação pessoal. Um bate papo sobre autoconhecimento e como a tradição em questão vê a saída do sofrimento. Neste curso, o professor Daniel De Nardi fala como o Yoga propõe essa saída e o que um praticante deve saber para chegar lá.     Clique no botão abaixo e adquira esse curso agora mesmo!

Formação de Professores | 1 jun 2019 | Equipe YogIN App

Depoimento das Alunas da 6ª turma do Curso de Formação de Professores de Yoga do YogIN App

Depoimento das Alunas da 6ª turma do Curso de Formação de Professores de Yoga do YogIN App Você sabia que o Curso de Formação de Professores de Yoga do YogIN App pode ser feito 100% online? Ele é, sem dúvidas, o maior  e melhor do Brasil! Nesse vídeo você tem alguns depoimentos das alunas que participaram da 6ª turma do Curso que terminou em dezembro de 2018. Atualmente estamos estudando com a 7ª turma que iniciou em março de 2019. Se você tiver interesse em participar da 8ª (8 é o número do Yoga) que começa em setembro de 2019, acesse o site do Curso:

YogIN App
Dicas de Yoga | 7 jun 2019 | Fernanda Magalhães

Uma Sequência para Dar Adeus à Dor nas Costas

Uma Sequência para Dar Adeus à Dor nas Costas Uma das boas consequências da prática de yoga é a redução do desconforto ou dor nas costas, sendo a atividade, inclusive, indicada por alguns médicos como parte de tratamento ou prevenção para este mal.   E o desconforto na região das costas é um dos problemas mais comuns hoje em dia. Quando o problema não é muito grave, pode ser resolvido com simples exercícios, se liberados pelo médico. O Yoga é um deles por evitar a dor nas costas através de fortalecimento e alongamento da musculatura ao longo da coluna, que em geral fica encurtada e relaxada grande parte do nosso dia.   Manter a postura sentada grande parte do dia encurta os flexores de quadril trazendo a má postura também para a posição de pé. Desta forma, nos mantemos em má postura durante todo o dia, sentados, de pé e até mesmo em movimento, agravando a pressão nos discos vertebrais e causando a famosa dor nas costas.   Além do alongamento deste grupo muscular, a prática de yoga  traz a consciência corporal necessária para a manutenção da boa postura ao longo do dia.   Alongar também promove um relaxamento da tensão da musculatura aumentando o fluxo sangüíneo e permitindo que os nutrientes fluam para dentro e as toxinas para fora, permitindo a nutrição de músculos e tecidos moles das costas.   Mas a prática de asanas não trabalha somente o alongamento. É no fortalecimento que se concentra todo o poder de prevenção dos problemas de coluna.   A construção de força no chamado core, ou parte central do nosso corpo, é a chave para a saúde, mobilidade e segurança da coluna.   Como os Yogis tem objetivo de sentar-se confortavelmente para a meditação com a coluna ereta, muitas posturas trabalham com o fortalecimento desta área para sustentação das costas.   As posturas que incorporam força abdominal e nas costas contribuem para suportar esse alinhamento e criar estabilidade ao corpo. Lembre-se que a maior parte de seus órgãos vitais se encontra no core. Se temos um tronco estável, todo o resto funciona melhor.   Então vamos propor a seguir uma sequência de exercícios simples e rápidos para fortalecer essa nossa estrutura tão importante para uma longa vida saudável.   O movimento é a chave para a saúde da coluna vertebral e por isso começaremos aquecendo com exercício de mobilidade para a coluna e consciência corporal:   Gato-vaca   O movimento limitado da coluna pode torná-la inflexível, aumentando a dor. Para criar movimento entre na postura de quatro apoios, joelhos na largura do quadril, punhos abaixo dos ombros. A partir da posição neutra da coluna, inspire elevando seus ísquios e a cabeça enquanto desce o umbigo em direção ao chão. Na exalação faça o movimento contrário levando o umbigo em direção ao teto, direcione o coxis para o chão e o queixo em direção ao peito. Comece devagar com movimentos suaves, sempre seguindo uma respiração lenta e consciente. Vá cada vez aumentando a mobilidade com movimentos mais amplos. Repita de 5 a 10 voltas.   Navasana                                 Sim, não adianta querer a saúde de sua coluna e fugir de navasana. Navasana assusta justamente por exigir força em musculaturas que não estamos acostumados a ativar, e por isso é tão importante de ser praticada. Sente-se no apoio entre os ísquios e o coxis dobrando os joelhos, solas dos pés no chão. Mantenha uma inclinação no tronco e eleve os braços paralelos ao chão vá tirando o peso dos pés e equilibrando o corpo. Verifique o quanto você consegue elevar os pés sem arredondar a coluna. Se não é possível manter o equilíbrio esticando as pernas, sustente em uma das variações intermediárias com os joelhos dobrados. Segure a postura por 5 respirações em 3 repetições.   Esfinge   Deite-se de bruços e posicione os cotovelos abaixo dos ombros deixando as palmas das mãos voltadas para o chão. Pernas firmes esticadas e unidas. Pés em ponta. Pressione o baixo ventre contra o chão elevando o assoalho pélvico em direção ao umbigo. Eleve a cabeça e olhe a frente. Sustente por 5 a 10 respirações, leve uma palma sobre a outra, deite-se levando a testa sobre o dorso das mãos e relaxe as coxas deixando os dedos dos pés para fora. descanse e repita mais 2 vezes.       Prancha                       Partindo da esfinge eleve o corpo ativando o core, os glúteos e o quádriceps. Leve os ombros alinhados com os cotovelos e mantenha o corpo em linha reta. Não deixe o quadril descer ou subir em relação ao alinhamento entre o tronco e as pernas. Pressione o chão com os antebraços ativando as escápulas. Mantenha por 5 respirações em 3 repetições.   Prancha Lateral   Partindo da prancha com os cotovelos no chão, suba esticando os braços com os punhos abaixo dos ombros. Gire o corpo para o lado direito soltando a mão direita do chão e elevando em direção ao teto Gire os pés levando os calcanhares ao chão de forma que o pé direito fique posicionado na frente do esquerdo. Mantenha o quadril alto ativando o músculo oblíquo do abdômen.   Se esta postura é muito forte, leve o joelho da perna esquerda ao chão.   Mantenha as 5 respirações, volte ao centro e gire.       para o lado esquerdo.  Descanse e repita mais 2 vezes.       Deite-se de bruços com as palmas das mãos no chão abaixo dos ombros. Firme as mãos empurrando o chão para baixo e para tras, como se tentasse deslizar seu corpo para a frente. Faça uma ativação da musculatura da área das escápulas como se quisesse unir seus cotovelos atrás das costas. Pernas firmes. Pés em ponta. Pressione o baixo ventre contra o chão elevando o assoalho pélvico em direção ao umbigo.   Se estiver confortável, empurre com mais intensidade o chão e eleve o peito. Não deixe o pescoço “afogar” entre os ombros, mantenha as escápulas baixas.       Sustente por 5 respirações, desça o topo da testa ao chão mantendo os cotovelos altos e a ativação das escápulas. Descanse e repita mais duas vezes.   Balasana   Finalize relaxando com a postura da criança. Afaste os joelhos para maior conforto e sente-se sobre os calcanhares.   Os exercícios não devem ser realizados durante as crises e em momentos de dor, mas sim como forma preventiva para melhorar a sustentação e saúde de nossas vértebras.   Inclua essa sequência em sua prática pessoal e abandone a dor nas costas.   Namastê!   new RDStationForms(\'e-book-o-yoga-do-autoconhecimento-31f024e0c3c56e215246-html\', \'UA-68279709-2\').createForm();

YogIN App
Dicas de Yoga | 12 jun 2019 | Adri Borges

A importância da música como ferramenta para o bem – estar

A importância da música como ferramenta para o bem - estar Hoje em dia fala-se muito sobre a importância do autocuidado e do bem-estar para a nossa saúde. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), a saúde é um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não apenas a ausência de doença ou enfermidade. A saúde plena é uma forma de total bem-estar, alcançado não apenas através da prevenção ou do tratamento de doenças, mas sim através de qualidade de vida, incluindo emocional e social. O hábito de praticar Yoga regularmente e ouvir música clássica nos ajuda a elevar nosso nível de saúde. Procuro manter o hábito de realizar minhas práticas de Yoga ao som de música clássica. Você já experimentou? Ouvir música clássica mobiliza os sentidos e causa sensações mentais e, até mesmo, físicas, ajustando frequências de ondas cerebrais, nos inspirando, dando prazer, acalmando, e elevando nosso espírito. Ter o hábito de ouvir música nos deixa mais felizes. Neste processo o cérebro libera dopamina, um neurotransmissor que gera o bem-estar. Pesquisas realizadas por neurocientistas mostram, através de tomografias,  grandes quantidades de dopamina que foram liberadas durante o processo de ouvir música  o que levou os participantes da pesquisa sentirem emoções como felicidade e excitação. Ouvir música clássica diminui os níveis do hormônio do estresse cortisol em nosso corpo. A música clássica, tem efeitos relaxantes e positivos sobre nosso humor. Estudos também mostram que ouvir música clássica relaxante durante 45 minutos antes de dormir,  nos ajuda a manter uma boa noite de sono, combatendo assim a insônia. Imagine então uma prática de Yoga relaxante com música clássica antes de dormir? new RDStationForms(\'e-book-treinamento-yogin-de-respiracao-bdf2969b9eeaf2b1af79-html\', \'UA-68279709-2\').createForm(); Outras pesquisas mostraram que a música pode diminuir a dor em pacientes em cuidados intensivos e pacientes de cuidados geriátricos. Quando ouvimos música, o cérebro libera os neurotransmissores ligados ao prazer, de modo a aliviar dores e proporcionar sensação de bem-estar. Segundo uma pesquisa do Psicólogo Dr. Jim Coan, da Universidade da Virginia, quando ouvimos música, é possível temporariamente melhorarmos o desempenho espacial do nosso cérebro. Ele responde liberando endorfinas e outras substâncias que permitem melhorar temporariamente o foco, a habilidade de raciocínio e até as habilidades criativas. Já é comprovado que a música pode alterar nossa fisiologia, elevando ou baixando a pressão sanguínea e aumentando ou diminuindo os batimentos cardíacos. Estudos realizados na Universidade de Brunel, em Londres , comprovam que o organismo entra em sintonia com os sons ambientes. Algumas composições musicais podem ser relaxantes outras estimulantes ou estressantes. A musicoterapia recomenda certos gêneros musicais. Composições clássicas de Bach, Vivaldi e Handel, nos trazem a sensação de segurança e estabilidade. Mas de todo os sons do universo, o mais benéfico e restaurador é o som do silêncio. Sente-se confortavelmente com as pernas cruzadas e com a coluna ereta. Feche seus olhos e leve toda a sua atenção para a sua respiração. Ouça seus sons internos. Ouça as batidas do seu coração. Ouça o som da sua respiração. Mentalize OMMMMMM.   Aí vai uma playlist pra você: Momento SAVASANA de Adriana Borges   E também uma do YogIN App:  

1 2 3 7