Brand

Série de artigos – Como funciona a respiração? PARTE 1

Como funciona a respiração?

Apesar de respirarmos o tempo todo, da primeira inalação do parto até a última expiração da vida, são poucos os momentos que paramos para sentir este ato tão vital. Somente percebendo a respiração é que podemos melhorá-la.

 

OS PULMÕES NÃO SÃO MÚSCULOS E NÃO CONSEGUEM RESPIRAR SOZINHOS

 

A primeira coisa que você deve saber a respeito da respiração é que seus pulmões não são músculos. Isto pode ser óbvio para quem tem um mínimo conhecimento de anatomia, mas mesmo para estes, não adianta saber disso apenas teoricamente, é preciso sentir na prática o movimento dos músculos responsáveis pela respiração, para aí sim poder melhorá-la.

 

Já que não são os pulmões os responsáveis pelo ar entrar e sair quem fica com a bronca?

Os pulmões movimentam-se empurrados por músculos, não são eles que fazem os movimentos responsáveis pela respiração. Este papel fica principalmente para o diafragma – músculo em forma de guarda chuva demonstrado na imagem acima. Ele abre o espaço para os pulmões, afastando inclusive as costelas flutuantes como você pode ver no vídeo abaixo ou sentir no seu corpo.

É importante entender um pouco da estrutura muscular para conseguir atuar melhor nela. Respirando mais amplamente, consegue-se ampliar a quantidade de oxigênio e energia. Esta respiração mais ampla pode ser usada tanto na prática do Yoga como no dia a dia.

O movimento do diafragma, descendo, abre espaço para que o ar seja “sugado” pela diferença de pressão, para dentro dos pulmões. Este movimento pode ser muito bem entendido com o vídeo abaixo. Os pulmões ficam exatamente acima do diafragma, o músculo que se movimenta na filmagem. A medida que o diafragma força os outros órgãos para baixo, o pulmão ocupa espaço e o ar entra. 

Veja o movimento para poder sentir melhor como ele acontece no seu corpo.

PARA FAZER EM CASA

O primeiro exercício desta série de textos sobre respiração será bastante simples, mas extremamente importante para o aprendizado da respiração profunda.

Deite-se em uma posição confortável. Feche os olhos e sinta os músculos responsáveis pela respiração. Lembre-se do vídeo e procure expandir o movimento do seu diafragma.

Expanda a musculatura para que mais ar entre. e

Para expirar, simplesmente relaxe e o músculo fará o ar sair naturalmente.

Para o ar entrar, empurre o diafragma para baixo, para sair, simplesmente relaxe!

Faça isso por 5 minutos e treine esta respiração no dia a dia, enquanto dirige, trabalha ou até quando caminha!

 

Para saber mais sobre conteúdo de Yoga aperte este botão

Daniel De Nardi

Head de conteúdo do YogIN App. Autor de 6 livros sobre Yoga. Pesquisador da História do Pensamento Indiano.

  • YogIN | SÉRIE DE ARTIGOS – ÁSANA, TÉCNICA CORPORAL – I - 12 out 2015

    […] Pense na natureza como um todo, na sua grandiosidade e magnitude. É preciso de tempo para as coisas acontecerem, para se desenvolverem, para crescerem e evoluírem. Nós compartilhamos deste mesmo princípio. Não damos salto. As coisas acontecem no tempo e na medida certa e é aí que entra esse tipo de treinamento fantástico, porque não agride e não perturba o seu corpo. É prazeroso (talvez no início você “sofra” um pouquinho, mas você  sobreviverá!). Dá abertura para uma série de ferramentas que introduzimos durante os ásanas, por exemplo a respiração (leia aqui o artigo sobre a respiração). […]