Nadis e polaridades – O prana, a energia vital

HOME > BLOG > Nadis e polaridades – O prana, a energia vital

Filosofia do Yoga | 7 ago 2020 | Equipe YogIN App


Saiba mais sobre as Nadis, Canais de Energia e suas polaridades

As Nadis são canais energéticos por onde flui a energia do corpo. Esses canais são responsáveis por produzir os centros de força conhecidos por chakras. Se fizermos uma comparação com a visão ocidental, as nadís seriam as veias e artérias e os chakras os órgãos ou glândulas.

Para ouvir a explicação sobre Nadis e polaridades – O prana, a energia vital , clique na imagem a baixo

Ouça também via Spotify ou Soundcloud.

YogIN CastYogIN Cast

Quando praticar Yoga, procure analisar como ela está emocionalmente, fisicamente e energeticamente. Pratique o que o Yoga chama de swádhyaya, o auto estudo, a auto observação que deve estar presente durante todo o sádhana (prática de yoga).

Uma das formas do praticante fazer esse estudo é observando qual narina está mais ativa.

Nossa narina direita está relacionada à nadi pingala, canal energético de polaridade positiva; a narina esquerda está relacionada à nadi ida, canal energético de polaridade negativa.

nadis
Imagem 1: nadis principais do corpo

Na foto acima, estão representadas as três nadis principais do corpo: ida, pingala e sushumna. Cada cruzamento de ida e pingala é a região de um chakra, no total 7 e ida e pingala acabam no sexto chakra, apenas o canal central, sushumna, de polaridade neutra e outras nadis secundárias chegam até o chakra coronário.

Estima-se que temos 72.000 nadis pelo corpo. As nadis são como veias do nosso corpo sutil. Enquanto pelas veias correm o sangue em nosso corpo físico denso, pelas nadis, circulam o prana, a energia vital.

Quando fazemos asanas, as posturas do yoga, um dos objetivos é fazer circular a energia por todo esse emaranhado de fios, aumentando nossa vitalidade. Os respiratórios, pranayamas, desobstruem esse canais, os mesmos que a acupuntura trabalha desobstruindo através das agulhas. Enquanto o conhecimento tantrico chama de nadis a medicina indiana chama de meridianos por onde circula chi, a energia vital que aqui chamamos de prana.

Vamos aprofundar o conhecimento das nadis principais

NADI IDA

Ida está associada com a energia da Lua, representa o aspecto feminino da personalidade. Esse canal controla as funções do sistema nervoso parassimpático. Esse sistema acalma a mente e corpo, pois está relacionada com emoções, sentimentos e memórias. Quando a Ida se torna muito forte ou dominante, o cansaço, depressão, introversão e uma incapacidade de ver as coisas com uma perspectiva clara podem tomar lugar meio a mente.

NADI PINGALA

Pingala é associada com a energia do Sol, representando o aspecto masculino da personalidade e geralmente é representado na cor vermelha (Yang). Ele controla o sistema nervoso simpático, estimula as atividades, planejamento do corpo e da mente. É responsável pela parte lógica, racional e analítica do intelecto. Quando a Pingala é sobrecarregada devido à agitação da vida da cidade (por exemplo), podemos ter dificuldade em dormir, de concentração, também podemos ficar ansiosos, irritados e impulsivos.

NADI SUSHUMNA

É o principal canal energético no corpo humano. Circula da base da espinha até o topo da cabeça (como mostra a imagem 1) carregando a energia da Kundalini, a força evolutiva primordial interna que vem de dentro pra cima e que desperta a partir das práticas de Yoga e meditação. Sushumna apenas se abre e flui livremente quando Ida e Pingala estão balanceadas e em equilíbrio, a purificação das três nadis são extremamente importantes para a saúde do corpo e da mente.

Na sua próxima prática de Yoga observe que polaridade está mais ativa e faça uma prática mais introvertida (posturas de alongamento pra frente, respiratórios calmos) se for pingala.

Faça uma uma prática de Yoga de expansão (posturas de retroflexão, musculares, respiratórios acelerados) se for ida. Assim você  consegue equalizar sua energia.


Quer compreender como o prana circula pelas nadís na prática?
Conheça as aulas de Yoga Online do YogIN App e vivencie essa experiência.

Compartilhar: Compartilhar no http://WhatsAppCompartilhar no http://FacebookCompartilhar no http://Twitter

YogIN App

Equipe YogIN App

STUDIO DE YOGA ONLINE - Aulas de Yoga Online ao Vivo e Gravadas.

12 comentários

    YogIN App João |

    Eu tenho desvio de septo, então respiro quase que exclusivamente pela narina esquerda (a direita está sempre entupida). Seguindo essa lógica, isso significaria que meu corpo flui uma energia mais feminina?

    YogIN App Daniel De Nardi |

    nA VISÃO DA FISIOlogia do Yoga, sim, mas isos não significa traços femininos e sim, mais sensibilidade e ponderação.

    YogIN App Igor Barricelli |

    Muito interessante todo esse ensinamento.

    YogIN App Daniel |

    Olá pessoal, já ouvi dizer que para os homens e mulheres as polaridades são diferentes, ida seria de um lado para homens e do outro para mulheres, por exemplo. Isso confere?

    YogIN App Daniel De Nardi |

    Não Daniel, isso é um conceito difundido e inventado no Brasil pelo professor Derose, mas esse ensinamento não é encontrado em escrituras ou tradições.

    YogIN App Ulysses |

    Meu nome saiu errado :-))

    É Ulysses.

    YogIN App Ulyssed |

    Uma dúvida:

    Onde está escrito:
    “medicina indiana chama de
    meridianos por onde circula chi”

    Não seria:

    “medicina chinesa chama de meridianos por onde circula chi” ?

    Obrigado.

    YogIN App Daniel De Nardi |

    a Ulysses, acho que não, é uma afirmação mesmo!
    A medicina chinesa acredita que existam meridianos pelo corpo, nos quais passa uma energia chamada Chi.

    YogIN App Débora Rocha |

    😍

    YogIN App adriana |

    olá.
    no caso o pranayama nadi sodhana ajudaria a equilibrar as nadis ida e pingala?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

O Segredo do Yoga que até Patanjali esondeu
O Maior Segredo do Yoga | 20 jun 2021 | Equipe YogIN App
O Segredo do Yoga que até Patanjali esondeu

O Segredo do Yoga que até Patanjali esondeu https://youtu.be/kMJwiYHaX4M Patanjali foi o primeiro mestre a escrever um livro exclusivamente de Yoga e ele escondeu um segredo que vou revelar no Dia Internacional do Yoga, dia 21 de junho, às 21h.  Quer saber qual o maior segredo da História do Yoga? Inscreva-se para saber mais no botão abaixo.    

O Maior Segredo do Yoga
Dicas de Yoga | 20 jun 2021 | Equipe YogIN App
O Maior Segredo do Yoga no Dia Internacional do Yoga

O Maior Segredo do Yoga O Maior Segredo do Yoga no Dia Internacional do Yoga, dia 21 de junho! https://youtu.be/wSn6gAegqHk Há um segredo no Yoga desconhecido por quase todos os professores de Yoga.  Em comemoração ao Dia Internacional do Yoga, dia 21 de junho, às 21h, vamos revelar esse segredo numa live surpreendente.  Quer saber qual o maior segredo da História do Yoga? Inscreva-se para saber o segredo através do botão abaixo!  

Dia Do Yoga
Filosofia do Yoga | 19 jun 2021 | Equipe YogIN App
Dia Internacional do Yoga – 21 de junho Dia do Yoga

Dia do Yoga - Por que esta é a data mais importante para os Yogins? Dia do Yoga, entenda a importância desta data!   https://youtu.be/RnRXlzIIIP0   A oficialização na ONU Você sabia que a oficialização do Dia Internacional do Yoga na ONU foi a votação mais bem sucedida em toda a história das Nações Unidas?  O Dia do Yoga foi aprovado por todas nações em apenas 90 dias. 175 Nações concordaram em difundir os benefícios desta prática milenar.   Por que 21 de junho? O Dia 21 de junho marca o Solstício de Verão, o dia em que o Sol fica mais próximo da Terra no Hemisfério Norte. Esse é o Dia mais longo do Ano. O Hinduísmo considera o Solstício o momento em que as divindades adormecem em seu sono celestial, mas segundo a tradição, elas voltam a despertar 6 meses depois no equinócio, que é o oposto do Solstício, é nesta data, a terra fica mais longe do sol, por isso, o dia com menos luminosidade do ano.   Uma Homenagem aos Professores Além disso, a primeira lua cheia após o solstício é chamada de Guru Poornima. Uma data que também é importante no calendário dos Yogins. O Guru Poornima é uma festividade em homenagem aos professores, gurus, aqueles que colocam luz no caminho. Para saber mais sobre a data Guru que inspirou o Dia do Yoga - Clique AQUI https://yoginapp.com/mestres-de-yoga-album-de-fotos/   O Primeiro Guru e o Primeiro Yogin De acordo com a tradição yogin, a primeira transmissão do conhecimento do Yogin foi feita neste dia por Shiva, o primeiro Guru e também primeiro Yogin. Fique atento ao Instagram do YogIN App Studio   O Maior Segredo da História do Yoga Há um segredo no Yoga desconhecido por quase todos os professores de Yoga.  Em comemoração ao Dia Internacional do Yoga, dia 21 de junho, às 21h, vamos revelar esse segredo numa live surpreendente.  Quer saber qual o maior segredo da História do Yoga? Inscreva-se para saber o segredo através do botão abaixo     Esperamos você por lá! Namastê!

Bakasana
Dicas de Yoga | 18 jun 2021 | Daniel De Nardi
Bakasana – Garça ou Corvo?

Bakasana postura da garça ou do corvo? O Bakasana é uma postura tradicional do Yoga. Conhecida também pelo nome de kakasana, mas isso, provavelmente foi um erro de transmissão de conhecimento, visto que o nome bakasana aparece apenas numa escritura do sul da Índia chamada Hatha Radha Navali, no entanto, escolas do norte da Índia, como a Shivananda, visitaram o sul para aprender posturas e entre elas estava o bakasana que depois começou a ser ensinado com o nome de kakasana em algumas escolas do Norte. Baka significa garça e Kaka corvo. Comparando a postura com os dois animais fica evidente que a postura assemelha-se muito mais a uma baka, garça, que a um corvo kaka.     Baka é uma expressão usada tanto para pureza quanto para a falsidade, hipocrisia. Como algo pode ser puro e ao mesmo tempo falso? Religiosos indianos (vaishnas) chamam de baka o falso devoto, aquele que se diz devoto, mas não é. Eventualmente, os vaishnas chamam os yogins de bakas ou falsos devotos. Isso acontece, porque os yogins, reconhecem que a divindade está dentro de si, o que para os religiosos não passa de uma egolotria. Já os yogins usam a expressão baka para tratar da pureza. Na visão do Yoga, o que é divino e verdadeiro não precisa ser buscado fora, já está no nosso interior. Textos yogins como as Upanishads, consideram que Brahman, o divino, está dentro do coração de cada pessoa. Para reforçar esse conceito, Yogins usam a expressão, Shivoham que significa Eu Sou Shiva, Eu Sou Deus. A postura do bakasana pode ser executada com uma Meditação sobre as aparências, onde o que é falso a partir de um ponto de vista pode ser verdadeiro quando visto sob outra ótica. Se você acredita na divisão entre humanos e divindades, baka pode significar hipocrisia, já se reconhece o divino dentro de si, baka é a pureza, a verdade.   Aprenda mais sobre as posturas do Yoga, os asanas baixando o ebook! new RDStationForms(\'ebook-asana-posturas-do-yoga-20927af5b3e8c03b81b9\', \'UA-68279709-2\').createForm();