Brand

Liberando emoções presas

Liberando emoções presas

Hoje, depois que eu terminei uma aula, estava me despedindo dos alunos até que me deparo com uma aluna enxugando as lágrimas. Com vergonha ela olha para mim e fala: “não sei o que ta acontecendo, to me sentindo tola”. Eu instintivamente dei um abraço nela e falei: “deixa vir, chora mesmo”.

A prática do Yoga realmente mexe com nosso corpo físico, energético, emocional e mental. Quantas emoções estão estagnadas no nosso corpo e causam bloqueios energéticos e até mesmo doenças, no caso dessa acumulação estiver acontecendo por muitos anos. As vezes uma posição, uma respiração, uma palavra que o professor fala pode acessar profundamente essa emoção (que nada mais é do que energia presa) e fazer vir a tona.

A mente subconsciente é 1000 vezes mais poderosa do que a mente consciente. Imagine a mente como um iceberg: a pontinha que está na superfície é a mente consciente, a mente da escolha, da ação. A parte que está embaixo, que é a maior parte, é a mente subconsciente, como um submarino você não sabe o que tem ali, a menos que venha para superfície.

No caso da minha aluna, algo muito bonito aconteceu, algo que estava no subconsciente veio para superfície e desencadeou o choro. Através da prática algo foi acessado e aquela emoção que estava presa se libertou. Então o choro não é algo ruim como ela tava achando, é algo muito bom e positivo. Como qualquer sensação que temos após uma aula que nos toca mais profundamente, deixe vir, deixe fluir. Não tente limitar ou bloquear. E quando essas emoções forem liberadas é que vamos realmente viver no nosso potencial. Se dar conta dessas emoções ja é o primeiro passo para libera-las. Entender nossos padrões de comportamento e como repetimos erros é outro sinal de que algo esta estagnado e precisa ser mexido e trazer a tona para sair, liberar do nosso corpo.

A pratica de Yoga com um professor qualificado ajuda muito nesse processo: respiratorios tem um poder extremamente poderoso nas emoções e corpo energético; relaxamento se soubermos nos entregar por inteiro pode trazer a tona muitas emoções bloqueadas pela mente consciente; e meditação e técnicas de mindfulness são essenciais para evitar o armazenamento de emoções no nosso corpo, quando estamos presente e algo ruim acontece, vamos viver aquela emoção no momento e logo em seguida deixar ir embora.

Lembre-se sempre: se você tiver uma experiência assim converse com o seu professor, vai ajudar ainda mais no processo de liberação da energia/emoção. Ou escreva para gente.

Um beijo no seu coração

@lianalinhares

Liana Linhares

Liana sempre teve interesse em consciência corporal e meditação desde muito nova. Conheceu o Yoga em 1999 e desde então nunca mais parou. Suas aulas são o resultado de mais de 17 anos estudando, praticando e ensinando esse estilo de vida. Seu desejo como professora de Yoga e fazer com que individuo olhe para dentro de si, sinta-se bem e evoluam para uma vida mais leve e feliz. Instagram @lianalinhares

  • Avatar

    Ana Beatriz Fernandes Reis - 25 nov 2017

    que texto esclarecedor, muitas vezes realmente sinto emoções diferentes após a prática.