Yoga e Pineal

HOME > BLOG > Yoga e Pineal

Filosofia do Yoga | 27 maio 2021 | Mahe Ferreira


A glândula da iluminação!

Nossa prática de yoga sempre possui um objetivo final e várias consequências felizes – mas nem sempre sabemos exatamente quais elas serão. Na maioria das vezes, esses benefícios chegam até nós de forma natural: a necessidade de se alimentar melhor, a habilidade de controlar o stress do dia a dia, melhoria da relação com pessoas próximas, etc.

Tudo devido ao poder que a prática de yoga possui de desbloquear canais energéticos ao longo do nosso corpo, permitindo que emoções fluam e que os insights mais interessantes e reveladores aconteçam.

É claro que nosso corpo energético tem reflexo direto no corpo físico e vice-versa. Os pontos mais importantes onde se dão estes reflexos são as nossas glândulas, e cada uma dessas glândulas está associada a um chakra (roda ou ponto de energia) específico. Uma prática constante equilibra o trabalho destas glândulas, equilibra os pontos de energia e consequentemente traz boa saúde.

A glândula pineal

 

glandula pineal

 

Se formos um pouco mais além da boa saúde, percebemos um maior entendimento e conhecimento sobre nós e nosso lugar no mundo. Boa parte deste processo de despertar da consciência vem de um lugar específico do corpo, nossa glândula pineal, que é representada pelo chakra da coroa, a nossa ligação com o registro akashico e com Deus, universo ou como você preferir chamar essa força superior.

A pineal é tão importante assim pelo fato de ser a única glândula que libera um hormônio num bebê no momento em que ele nasce e também em uma pessoa assim que ela morre.

E é curioso pensar que a sensação desses momentos tão opostos possivelmente são muito semelhantes por conta dessa liberação, né?

Esta liberação também existe no dia a dia de um ser humano conectado que vive em equilíbrio com seu dharma, pois quando fazemos o que amamos, sentimos muito prazer, entramos numa espécie de estado de transe onde não existe tempo nem espaço, não existe autocrítica e nem esforço. Pense num músico inspirado pela sua música, num pintor fazendo a sua arte, num escritor fluindo com suas palavras, em você olhando para o horizonte de um mar infinito.

Controle das flutuações da mente

Existem estudos sobre os benefícios deste sentimento em nossas vidas e esta sensação deve acontecer com cada vez mais frequência em nós. Este estado pode ser considerado também o Nirodhah, ou o controle das flutuações da mente. É onde, no yoga, conseguimos ultrapassar o oceano de preocupações e pensamentos e começamos a apreciar a verdadeira quietude.

Atualmente, vivendo cercados de concreto, críticas, julgamentos, sentimentos tóxicos e comidas processadas, nossa glândula pineal é calcificada e isto impede que ela produza a substância exímia para uma vida próspera e saudável. Assim, o yoga pode e deve nos trazer a feliz consequência de descalcificá-la e permitir que tudo flua como deve ser.

 

Namastê!


Compartilhar: Compartilhar no http://WhatsAppCompartilhar no http://FacebookCompartilhar no http://Twitter

YogIN App

Mahe Ferreira

Mahê Ferreira é praticante de Yoga há 6 anos, instrutora de Ashtanga Vinyasa Yoga e criadora da marca de roupas Mahê, voltada ao estilo de vida do yogi. Estuda ciência e espiritualidade e acredita que os dois assuntos se complementam.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Pranayama - Respiratórios do Yoga
Respirar é Viver | 26 jul 2021 | Equipe YogIN App
Pranayama – Respiratórios do Yoga – Live

Pranayama - Respiratórios do Yoga - Na Live Pranayama - Respiratórios do Yoga abordamos os principais pranayamas do Yoga e como se pode adequar a prática de pranayama tradicional ao estilo de vida contemporâneo. https://youtu.be/6OvR4t5biZI   Você pode baixar gratuitamente o Hatha Yoga Pradipika, texto usado na live que abroda pranayamas. Quer ver o conteúdo completo da série - Professor de Yoga - Bases do Ensino? Clique na imagem abaixo e acesse a página dedicada a quem dá aulas ou está pensando em ensinar Yoga.   https://yoginappacademy.com/blog/pagina-da-serie-completa-professor-de-yoga-bases-do-ensino/  

hatha yoga pradipika
Respirar é Viver | 25 jul 2021 | Equipe YogIN App
Hatha Yoga Pradipika – Baixe o Livro

Hatha Yoga Pradipika - O Hatha Yoga Pradipika é um dos textos mais importantes do Hatha Yoga. Na Live sobre Pranayama, comentamos o 2º capítulo dessa obra que se dedica exclusivamente aos exercícios respiratórios, os pranayamas. https://youtu.be/6OvR4t5biZI Para baixar o clique no botão abaixo.    

Chaturanga Pranayama - Respiração Quadrada
Respirar é Viver | 23 jul 2021 | Daniel De Nardi
Chaturanga Pranayama – Respiração Quadrada

Chaturanga Pranayama - Respiração Quadrada A mente é inquieta por natureza e por isso, reflete uma respiração arritmica. A proposta do Chaturanga Pranayama, a Respiração Quadrada é criar um ritmo na mente, uma cadência que exige a atenção focada para que se consiga executar o exercício com precisão. https://youtu.be/31ZV21BGaEI Neste vídeo, explicamos como executar essa respiração. Essa técnica serve como um exercício meditativo, pois exige a atenção plena na execução. Experimente por alguns minutos e observe como a sua mente se comporta. Namaste!

Nadi Shodhana - Respiração Alternada
Respirar é Viver | 21 jul 2021 | Daniel De Nardi
Nadi Shodhana – Respiração Alternada

Nadi Shodhana - Respiração Alternada A respiração alternada é bastante importante dentro da prática. O respiratório alternado, nadi shodhana e suas propriedades. permite um maior controle na saída e entrada do ar, por isso é um pranayama que acalma. Respirando apenas por uma narina consegue-se controlar melhor a saída do ar e sempre que você consegue soltar o ar mais lentamente, consegue acalmar sua mente. O respiratório consiste em obstruir a narina direita inspirando pela esquerda. Quando os pulmões estão cheios, troque a narina em atividade e expire pela direita. Guarde a regra - troque a narina em atividade sempre que os pulmões estiverem cheios, jamais quando estiverem vazios. Expirando apenas por uma narina, controle mais a saída do ar. Expire sempre devagar sentindo o toque do ar nas narinas e nunca deixando que esse toque fique forte demais. O ar deve sair sempre devagar para aquietar a mente, tornando-a serena.   https://youtu.be/T6Nae-78FC8     Para se inscrever nas lives e receber materiais exclusivos sobre Respiração clique no botão Abaixo.