Brand

Como fazer a respiração Ujjayi – A respiração vitoriosa

Como fazer a respiração Ujjayi – A respiração vitoriosa

Você já esteve em uma aula de yoga e percebeu algumas pessoas respirando com um som estranho? Ou seu professor já solicitou que utilizasse a respiração Ujjayi durante a prática, mas você não tem ideia de como executar?  

A respiração Ujjayi – ou respiração vitoriosa – utilizada durante as práticas de Vinyasa e Ashtanga Yoga produz um som, comparado ao som do oceano que ajuda na concentração durante a prática.

Ouvir a própria respiração ajuda a sincronizar seus movimentos com a inspiração e exalação e a reconhecer sua atitude perante a postura. Se a sua respiração parecer agitada, curta ou forçada, você tem a indicação de que é necessário suavizar para que a postura possa te levar no caminho correto.

Não devemos limitar a respiração na área torácica para não cortar os benefícios terapêuticos de oxigenação e liberação de toxinas. Sempre execute a respiração completa, iniciando no abdômen para depois preencher a área das costelas e topo do peito, para manter seu Ujjayi longo e suave.

O som desta respiração é realizado através de uma contração suave da garganta, uma compressão da glote, fechando-a parcialmente com a epiglote, e permitindo que o ar passe gentilmente através desta resistência durante a inspiração e a exalação. Apesar de ser realizada através de uma contração na garganta, a respiração Ujjayi é feita pelas narinas, mantendo lábios unidos e relaxados. O calor e a energia adquirida na prática desta respiração são desperdiçadas se respirarmos com a boca aberta.

Relaxamento é a chave para a realização desta respiração, pois pode acontecer de irmos com “muita sede ao pote” e exageramos na contração da garganta gerando tensão e cansaço. Aliás, o Ujjayi deve fornecer vigorosidade e relaxamento durante a sua execução. Observe suas reações para verificar se há algo errado.

Sugiro que antes de levá-la para sua prática, aprenda e treine sentado, em posição confortável, e coluna ereta. Para tentar pela primeira vez:

  • Experimente a contração da garganta exalando pela boca como se quisesse embaçar um espelho com aquele som de “haaaa”.
  • Agora tente inspirar pelo mesmo caminho, mantendo a contração e produzindo o som.
  • Faça algumas respirações até que seu corpo tenha compreendido o novo movimento.
  • Assim que você puder inspirar e expirar com o som constante e suave, feche os lábios e experimente novamente com trocando o ar pelas narinas e não pela boca.
  • O som deve parecer vir do centro do peito ao invés de da área da garganta.
  • Agora leve o Ujjayi para a sua prática de ásanas!

 

Durante a execução de ásanas e passagens, mantenha a respiração suave e uniforme com tempos iguais para a inspiração e exalação.

 

Boas práticas!

 

Fernanda Magalhães

Fê é carioca, pisciana, arquiteta, ambientalista e entusiasta do estilo de vida saudável. Despertou sua atenção ao corpo físico em 2001, através de consciência alimentar e atividade física regular. Apaixonada por estudar sobre o assunto, chegou a repensar sua escolha pelo curso de arquitetura. Durante esta busca, o Yoga se tornou uma ambição, alcançada somente em 2012, quando a prática se tornou rotina.  É praticante de Ashtanga Vinyasa Yoga e professora de Hatha e Ashtanga. Sempre idealista e sonhadora,  quer levar o bem viver a todos que cruzam sua jornada. Em 2016 finalmente formou-se em Yoga pelo YogginApp.