5 pranas

Alimentos para cada chakra

HOME > BLOG > Alimentos para cada chakra

Dicas de Yoga | 28 jun 2020 |


Quais são os melhores alimentos para cada chakra?

Escolher os melhores alimentos para cada Chakra é importante para quem busca equilibrar melhor a energia nestes centros de força. Os Chakras são centros de energia em forma de círculo (chakra = roda) que vibram constantemente no nosso corpo, distribuindo o prana, a energia, através das nadis para nutrir órgãos e sistemas.

Existem inúmeros chakras no nosso corpo, uns mais importantes que outros. Dentre os chakras mais importantes, destacam-se sete que estão localizados ao longo da coluna vertebral até o topo da cabeça.

Você já deve ter visto alguma ilustração com 7 círculos coloridos que fazem uma linha no corpo, esses são os chakras mais conhecidos e estudados. Cada um desses chakras tem uma vibração diferente, por isso cada um é representado por uma cor e um som (mantra) diferentes, e também tem elementos específicos (terra, fogo, água, ar e éter).

Quando os chakras estão em equilíbrio, a energia flui pelo nosso corpo livremente, nos mantendo alegres, com energia e saúde. Porém quando um chakra está vibrando em demasia ou menos do que deveria, nosso corpo fica em desequilíbrio, podendo gerar alterações emocionais, psíquicas, problemas de saúde e queda de vitalidade.

TEXTO QUE EXPLICA OS CENTROS DE FORÇA NA VISÃO OCIDENTAL – QUAIS CHAKRAS ESTIMULÃO O CORAÇÃO?

Quais asanas estimulam o chakra do coração?

Quais são os melhores alimentos para cada chakra – 7 Chakras mais Importantes

Podemos (re)equilibrar os chakras de várias maneiras, uma delas é a alimentação. Abaixo veremos umpouco de cada chakra e quais são os  melhores alimentos para cada chakra. Se quiser saber mais detalhes sobre os chakras – CLIQUE AQUI.

1 – Chakra básico = Muladhara

Nome: Muladhara

Significado: Suporte. Está ligado aos órgãos que dão estrutura ao corpo (osso, músculo, coluna, pernas e pés), além do cóccix (períneo) e glândulas suprarrenais (adrenalina).

Cor: Vermelho.

Elemento: Terra.

Quando em desequilíbrio: estresse, solidão e sensação de insegurança. Você também pode sentir espasmos musculares.

Alimentação: Como esse é o chakra da nossa “raiz”, que representa nossa fundação/estrutura, procure ingerir as raízes da natureza, como beterraba, alho, gengibre, batatas, nabo, cenoura, cebola e etc. Alimentos vermelhos, a cor que simboliza o chakra, também são importantes para equilibrá-lo. Opte por maçã, tomate, romã, morango e cereja. Carne vermelha para aqueles que não são vegetarianos são ótimas para balancear esse chakra também.

2 – Chakra sexual ou sacro = Swadhisthana

Nome: Swadhisthana

Significado: Cidade do prazer. Está relacionado às gônadas (ovários e testículos), à sexualidade, à energia feminina, procriação, ao baixo ventre e criação de projetos.

Cor: Laranja (roxo ou vermelho, dependendo da circunstância).

Elemento: Água.

Quando em desequilíbrio: Impotência, desânimo, incapacidade de se fazer entender pelos outros. Você também pode sentir dores na lombar, alterações de ciclos menstruais, infecções urinárias ou de rins.

Alimentação: Seu elemento é a água, então água pura é o melhor que você pode dar ao corpo para equilibrar esse chakra. Porém, também pode caprichar na hidratação com chás e sopas/caldos. Salmão,

gergelim, sementes de abóbora e girassol contém gorduras boas que nutrem esse chakra. E os alimentos laranjas, já que a cor do chakra está ligada aos alimentos que o equilibram. Então vá de cenoura, laranja,

abóbora, manga, pêssego e mamão.

3 – Chakra do plexo solar ou umbilical = Manipura

Nome: Manipura.

Significado: Cidade das jóias. Representa o corpo mental, está ligado ao pâncreas, emoções densas (raiva, trsteza, medo, ansiedade, angústia, tristeza), e a auto estima, transforma energia bruta em ação

Cor: Amarelo (verde forte e vermelho).

Elemento: Fogo.

Quando em desequilíbrio: O Manipura desequilibrado pode gerar sensação de vergonha, baixa autoestima e falta de confiança em si mesmo. Você também pode ter complicações gastrointestinais

como má digestão e gastrite.

Alimentação: Alimentos amarelos como abacaxi, pimentão amarelo, milho, melão e banana. Para balanceá-lo, evite açúcar, farinha branca e alimentos ultraprocessados, que são digeridos rapidamente, pois é um chakra que trabalha na transformação de energia, ou seja, precisa de alimentos complexos, como leguminosas (grão de bico, lentilhas e feijões) e cereais integrais (aveia, arroz integral, centeio) que são metabolizados mais lentamente e mantém a energia por mais tempo. Aposte em temperos como gengibre, cúrcuma e canela que são antiinflamatórios e aquecem o corpo, energizando o Manipura chakra.

4 – Chakra cardíaco = Anahata

Nome: Anahata.

Significado: Câmara secreta do coração. Localizado no centro do peito, coração, está ligado à glândula timo, ao pulmão, ao amor e relações interpessoais. Relacionado ao equilíbrio, compaixão e sistema imune. Representa o corpo astral.

Cor: Verde (amarelo ouro).

Elemento: Ar.

Quando em desequilíbrio: Depressão, angústia, taquicardia, irritação. Você pode sentir dores no peito, ter alterações na pressão arterial e dificuldade na respiração.

Alimentação: Apostar nos alimentos verdes, da cor do chakra é sempre uma boa pedida. Invista em couve, alface, espinafre, brócolis, couve flor, acelga, kiwi e ervilha. Algas como a spirulina também são ótimas. Além de ervas como orégano, manjericão, alecrim e coentro.

5 – Chakra laríngeo = Vishudha

Nome: Vishuddha.

Significado: Purificador do sangue. Está ligado às glândulas tireóide e paratireoide (Filtrar sangue e regular ciclos menstruais). Localizado na garganta, está realzionado a comunicação, expressão, voz, autenticidade, concretização. Cuida da boca, garganta e vias respiratórias.

Cor: Azul celeste (lilás, branco, prateado e rosa).

Elemento: Éter.

Quando em desequilíbrio: Com o Vishuddha desequilibrado, você pode se sentir incapaz de tomar decisões, dores no pescoço, tosse, dor de garganta e gengivite.

Alimentação: mirtilos e amoras são os alimentos que mais se assemelham a cor desse chakra, mas as frutas de árvores que são “verdadeiras às suas essências” (caem da árvore quando maduras) como maçã, pêssego, pera, damasco e ameixa, por exemplo, também fortalecem Vishuddha. Alimentação mais líquida como sopas, sucos e chás também são ótimas para esse chakra.

6 – Chakra frontal = Ajña

Nome: Ajña.

Significado: Centro de controle, 3º olho. Localizado na testa, entre as sobrancelhas, está relacionado à glândula pituitária ou hipófise. Cuida do lobo frontal, representa nossa lógica, ideias, raciocínio, aprendizagem, intuição. Também está ligado à saúde de olhos e nariz.

Cor: Azul índigo (branco azulado, amarelo e esverdeado).

Elemento: Todos.

Quando em desequilíbrio: falta de foco, sinusite, dor de cabeça, confusão mental, até problemas psíquicos. Quando Ajna está desequilibrado você pode sentir dificuldade de se conectar com seu lado espiritual e de pegar no sono.

Alimentação: framboesa, uva roxa, amora, jabuticaba e mirtilo. Alimentos ricos em ômega 3, nutriente para o cérebro, como salmão, sardinha, linhaça, chia e nozes são excelentes para esse chakra.

7 – Chakra coronário = Sahasrara

Nome: Sahashara.

Significado: Lótus das mil pétalas. Localizado no topo da cabeça, está ligado à glândula pineal ou epífise. Energiza o cérebro, e está relacionado à consciência e a produção de serotonina (sono, apetite, humor), além da nossa porção espiritual, fé e evolução.

Cor: Violeta (branco fluorescente ou dourado).

Elemento: Todos.

Quando em desequilíbrio: problemas neurológicos, falta de fé, fobias, depressão e tendências suicidas.

Alimentação: Sahashara chakra é muito espiritual e pode ser melhor equilibrado com outros tipos de terapias. Porém, como está ligado à serotonina, é possível que se beneficie de alimentos que aumentem a produção desse hormônio como o cacau e a banana, que são fontes de triptofano, precursor da serotonina.

Gostou de saber quais são os melhores alimentos para cada chakra?

Se você se interessa em conhecer melhor o Yoga, conheça o blog do YogIN App, no qual diariamente publicamos conteúdo sobre Yoga, Chakras, Meditação e muito mais.

ACESSE O BLOG CLICANDO AQUI 

Se preferir, deixe seu nome e email que informaremos das novidades no seu email.



Compartilhar: Compartilhar no http://WhatsAppCompartilhar no http://FacebookCompartilhar no http://Twitter

YogIN App

8 comentários

    YogIN App Luís Silva |

    Qual o melhor alimento para o chakra frontal?

    YogIN App Rosa |

    Bastante esclarecedor.Conhecimento maravilhoso.

    YogIN App Thaieny |

    Tem algum alimento salgado para o chakra laringeo??

    YogIN App Daniel De Nardi |

    Olá Tha!
    Está no texto :
    “5 – Chakra laríngeo = Vishudha
    Nome: Vishuddha.

    Significado: Purificador do sangue. Está ligado às glândulas tireóide e paratireoide (Filtrar sangue e regular ciclos menstruais). Localizado na garganta, está realzionado a comunicação, expressão, voz, autenticidade, concretização. Cuida da boca, garganta e vias respiratórias.

    Cor: Azul celeste (lilás, branco, prateado e rosa).

    Elemento: Éter.

    Quando em desequilíbrio: Com o Vishuddha desequilibrado, você pode se sentir incapaz de tomar decisões, dores no pescoço, tosse, dor de garganta e gengivite.

    Alimentação: mirtilos e amoras são os alimentos que mais se assemelham a cor desse chakra, mas as frutas de árvores que são “verdadeiras às suas essências” (caem da árvore quando maduras) como maçã, pêssego, pera, damasco e ameixa, por exemplo, também fortalecem Vishuddha. Alimentação mais líquida como sopas, sucos e chás também são ótimas para esse chakra.”

    YogIN App Pablo |

    Muito bom estudo. Focado realmente nós chakras e as glândulas. Fazendo uma ligação perfeita entre chakras, glândulas e alimentação.

    Somente poderia colocar um pouco mais de sujestão de alimentos. Principalmente no chakras coronário.

    YogIN App Cris ferreira |

    Muito esclarecedor. 🙂

    YogIN App Renata Domingues |

    Impossível um cadáver equilibrar um chacka! E mesmo que equilibrasse, animal ser assassinado para o humano comer e ainda equilibrar chakra! Afee..
    Como dizia Mahatma Gandhi: Tudo o que tem vida quer viver

    YogIN App Renata Domingues |

    Impossível um cadáver equilibrar um chacka! E mesmo que equilibrasse, animal ser assassinado para o humano comer e ainda equilibrar chakra! Egoísmo puro.
    Como dizia Mahatma Gandhi: Tudo o que tem vida quer viver!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Pranayama - Respiratórios do Yoga
Respirar é Viver | 26 jul 2021 | Equipe YogIN App
Pranayama – Respiratórios do Yoga – Live

Pranayama - Respiratórios do Yoga - Na Live Pranayama - Respiratórios do Yoga abordamos os principais pranayamas do Yoga e como se pode adequar a prática de pranayama tradicional ao estilo de vida contemporâneo. https://youtu.be/6OvR4t5biZI   Você pode baixar gratuitamente o Hatha Yoga Pradipika, texto usado na live que abroda pranayamas. Quer ver o conteúdo completo da série - Professor de Yoga - Bases do Ensino? Clique na imagem abaixo e acesse a página dedicada a quem dá aulas ou está pensando em ensinar Yoga.   https://yoginappacademy.com/blog/pagina-da-serie-completa-professor-de-yoga-bases-do-ensino/  

hatha yoga pradipika
Respirar é Viver | 25 jul 2021 | Equipe YogIN App
Hatha Yoga Pradipika – Baixe o Livro

Hatha Yoga Pradipika - O Hatha Yoga Pradipika é um dos textos mais importantes do Hatha Yoga. Na Live sobre Pranayama, comentamos o 2º capítulo dessa obra que se dedica exclusivamente aos exercícios respiratórios, os pranayamas. https://youtu.be/6OvR4t5biZI Para baixar o clique no botão abaixo.    

Chaturanga Pranayama - Respiração Quadrada
Respirar é Viver | 23 jul 2021 | Daniel De Nardi
Chaturanga Pranayama – Respiração Quadrada

Chaturanga Pranayama - Respiração Quadrada A mente é inquieta por natureza e por isso, reflete uma respiração arritmica. A proposta do Chaturanga Pranayama, a Respiração Quadrada é criar um ritmo na mente, uma cadência que exige a atenção focada para que se consiga executar o exercício com precisão. https://youtu.be/31ZV21BGaEI Neste vídeo, explicamos como executar essa respiração. Essa técnica serve como um exercício meditativo, pois exige a atenção plena na execução. Experimente por alguns minutos e observe como a sua mente se comporta. Namaste!

Nadi Shodhana - Respiração Alternada
Respirar é Viver | 21 jul 2021 | Daniel De Nardi
Nadi Shodhana – Respiração Alternada

Nadi Shodhana - Respiração Alternada A respiração alternada é bastante importante dentro da prática. O respiratório alternado, nadi shodhana e suas propriedades. permite um maior controle na saída e entrada do ar, por isso é um pranayama que acalma. Respirando apenas por uma narina consegue-se controlar melhor a saída do ar e sempre que você consegue soltar o ar mais lentamente, consegue acalmar sua mente. O respiratório consiste em obstruir a narina direita inspirando pela esquerda. Quando os pulmões estão cheios, troque a narina em atividade e expire pela direita. Guarde a regra - troque a narina em atividade sempre que os pulmões estiverem cheios, jamais quando estiverem vazios. Expirando apenas por uma narina, controle mais a saída do ar. Expire sempre devagar sentindo o toque do ar nas narinas e nunca deixando que esse toque fique forte demais. O ar deve sair sempre devagar para aquietar a mente, tornando-a serena.   https://youtu.be/T6Nae-78FC8     Para se inscrever nas lives e receber materiais exclusivos sobre Respiração clique no botão Abaixo.